Categoria - Notícias

Sergipe ultrapassa marca de 182 mil doses aplicadas contra à Covid-19 no público infantil

23 de março de 2022

A atual taxa de cobertura da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em crianças de cinco a 11 anos é de 64.5%. Até segunda-feira, foram aplicadas 3.355 vacinas, entre primeira e segunda dose, em crianças de 5 a 11 anos com comorbidade e 179.642, também entre primeira e segunda dose, nos pequenos sem comorbidades.

Os números ainda são insatisfatórios, segundo atesta a enfermeira do Programa Estadual de Imunização, Ana Beatriz Lira, informando que a população a ser vacinada nesta faixa etária é de 242.899 crianças.

Ana Lira enfatiza que é preciso avançar na vacinação da primeira dose de crianças até que se chegue à taxa de cobertura desejada que é de 90%, índice alcançado por outros grupos, como o de adolescentes, que atingiu 92%; o de adulto, com 91%; e o de idosos, que cravou a marca dos 100%.

“A vacinação é progressiva, mas precisamos que pais e responsáveis abracem esta causa e levem suas crianças para serem imunizadas contra a Covid-19”, disse.

Para avançar na vacinação dos pequenos, a Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Programa Estadual de Imunização, tem dialogado com os municípios sistematicamente, incentivando as iniciativas e estratégias que promovam elevem a taxa de cobertura vacinal. Segundo Ana Lira, alguns estão levando a vacina de casa em casa em povoados e regiões de difícil acesso, outros adotaram o horário estendido para permitir que pais e responsáveis levem seus filhos para serem vacinados após o trabalho, e há ainda aqueles que levam a vacinas a feiras livres ou implantam pontos fixos de vacinação nos finais de semana.

Ana Lira conclama os pais a confiarem nos estudos científicos que atestam a segurança e eficácia da vacina pediátrica contra a Covid-19. “Não temos registro de evento adverso grave causado pela vacina. Surgiram muitos boatos que foram derrubados pelas evidências científicas. Por isso, pais e responsáveis, não deixem de vacinar seus filhos contra o novo coronavírus e assegure a eles o direito a uma vida saudável. A vacina é segura e eficaz”, declarou.