Proteja-se.
Se sair use máscara.

Inicial Novo2021-03-08T12:34:30+00:00

BOLETIM COVID-19 – 2º SEMANA EPIDEMIOLÓGICA

09 a 15 de janeiro de 2022

O Boletim Epidemiológico para atualizações sobre a Covid-19 no Estado de Sergipe agora será publicado de acordo com o calendário semanal epidemiológico.

PANORAMA SEMANAL – SE 2

MUNDO BRASIL SERGIPE
CONFIRMADOS 19.886.000 476.198 1.083
ÓBITOS 49.927 1.034 04

Fonte: dados mundiais disponibilizados através do site https://coronavirus.jhu.edu/map.html na semana epidemiológica 02 (09/01/2022 a 15/01/2022) e número de casos novos do Brasil disponibilizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde através do site https://www.conass.org.br/painelconasscovid19/ na semana epidemiológica 02 (09/01/2022 a 15/01/2022). Dados de Sergipe consultados da planilha de monitoramento diário de casos do COE/CIEVS/SES (RT-PCR e Teste de Antígeno). Dados preliminares, sujeitos a alterações.

Boletim Completo – SEMANA EPIDEMIOLÓGICA 2
BASE DE DADOS COVID-19 SERGIPE
MICRODADOS DE CASOS

PANORAMA LABORATORIAL DO ESTADO

TOTAL DE EXAMES
REALIZADOS RT-PCR
DETECTÁVEIS NÃO DETECTÁVEIS
SE 52 3.711 33 3.678
SE 1 4.815 195 4.620
SE 2 5.130 851 4.279

Fonte: LACEN

* Refere-se aos exames processados no LACEN da Semana Epidemiológica 52 a Semana Epidemiológica 2.

EVOLUÇÃO FINAL DOS CASOS SE 2

.

INTERNADOS 36
ISOLAMENTO DOMICILIAR 1.994
RECUPERADOS 271.802
ÓBITOS 6.065

Fonte: GAL/SES/COE

Nota: dados referente ao dia 15/01/2022 conforme informações enviadas pelos Municípios.

Distribuição dos casos e óbitos confirmados de COVID-19 por município de residência – SE 2.

Local de ResidênciaAcumulado de casosAcumulado de ÓbitosConfirmado Semana EpidemiológicaÓbitos Semana Epidemiológica
Amparo de São Francisco25650,00,0
Aquidabã2414404,00,0
Aracaju1288992436499,01,0
Arauá1297224,00,0
Areia Branca2116494,00,0
Barra dos Coqueiros712410048,00,0
Boquim27106811,00,0
Brejo Grande466133,00,0
Campo do Brito2215299,00,0
Canhoba35674,00,0
Canindé de São Francisco2546483,00,0
Capela29084523,00,0
Carira2250486,00,0
Carmópolis1087407,00,0
Cedro de São João1040205,00,0
Cristinápolis618300,00,0
Cumbe29940,00,0
Divina Pastora865129,00,0
Estância774817624,00,0
Feira Nova24670,00,0
Frei Paulo17503613,00,0
Gararu679171,00,0
General Maynard385107,00,0
Graccho Cardoso55270,00,0
Ilha das Flores389180,00,0
Indiaroba517300,00,0
Itabaiana1328625838,00,0
Itabaianinha30417313,00,0
Itabi21521,00,0
Itaporanga D'Ajuda31737010,00,0
Japaratuba15165510,00,0
Japoatã433230,00,0
Lagarto792322259,00,0
Laranjeiras1907572,00,0
Macambira67784,00,0
Malhada dos Bois33372,00,0
Malhador1120302,00,0
Maruim1165421,00,0
Moita Bonita1206142,00,0
Monte Alegre de Sergipe896134,00,0
Muribeca317160,00,0
Neópolis1419422,00,0
Nossa Senhora da Aparecida834180,00,0
Nossa Senhora da Glória2795793,00,0
Nossa Senhora das Dores2147509,00,0
Nossa Senhora de Lourdes499123,00,0
Nossa Senhora do Socorro1819258045,00,0
Pacatuba835253,00,0
Pedra Mole28180,00,0
Pedrinhas679182,00,0
Pinhão350203,00,0
Pirambu761281,00,0
Poço Redondo1112328,00,0
Poço Verde2206509,00,0
Porto da Folha1689370,00,0
Propriá3684801,00,0
Riachão do Dantas1500354,00,0
Riachuelo733180,00,0
Ribeirópolis1805345,00,0
Rosário do Catete896205,00,0
Salgado1702449,00,0
Santa Luzia do Itanhy768139,00,0
Santa Rosa de Lima36682,00,0
Santana do São Francisco628150,00,0
Santo Amaro das Brotas696190,00,0
São Cristóvão1000824567,01,0
São Domingos908312,00,0
São Francisco324120,00,0
São Miguel do Aleixo45851,00,0
Simão Dias34019022,01,0
Siriri852122,00,0
Telha406100,00,0
Tobias Barreto47799925,00,0
Tomar do Geru1096270,00,0
Umbaúba2148429,01,0

Fonte: GAL/SES/COE

Nota 1: Os números de casos confirmados podem sofrer alteração em virtude de constatação de mudança de endereço. Diante disso, reiteramos: alteração de endereço de 01 caso do município de Itabaianinha para o município de Itabaiana.

Casos confirmados de profissionais da área de saúde

Distribuição de casos em Aracaju por Bairro

BAIRROCONFIRMADOÓBITORECUPERADO% RECUPERADO
13 DE JULHO160214157898,50%
17 DE MARÇO614260999,20%
18 DO FORTE281551276098,00%
AEROPORTO227323223998,50%
AMÉRICA176032172197,80%
ATALAIA326737319997,90%
BUGIO347149341798,40%
CAPUCHO9319298,90%
CENTRO217242212197,70%
CIDADE NOVA242743238298,10%
CIRURGIA7371171997,60%
COROA DO MEIO322430317998,60%
DOM LUCIANO588658098,60%
FAROLÂNDIA907475896598,80%
GETÚLIO VARGAS104722102597,90%
GRAGERU286743280297,70%
INÁCIO BARBOSA328030322998,40%
INDUSTRIAL250539245498,00%
JABUTIANA715351706698,80%
JAPÃOZINHO524651798,70%
JARDIM CENTENÁRIO192816190999,00%
JARDINS268712262797,80%
JOSÉ CONRADO DE ARAÚJO175735171897,80%
LAMARÃO148725145898,00%
LUZIA536262527798,40%
MARIVAN271126999,30%
NOVO PARAÍSO140532137297,70%
OLARIA288636284898,70%
PALESTINA7031368998,00%
PEREIRA LOBO7101069898,30%
PONTO NOVO406254398798,20%
PORTO DANTAS153126150298,10%
SALGADO FILHO7011268297,30%
SANTA MARIA474855468898,70%
SANTO ANTÔNIO195524191898,10%
SANTOS DUMONT503983494898,20%
SÃO CONRADO585964579198,80%
SÃO JOSÉ105812103697,90%
SIQUEIRA CAMPOS260755254897,70%
SOLEDADE119217117398,40%
SUISSA197629193297,80%
Z. DE EXP (ARUANA)325125321298,80%
Z. DE EXP (MOSQUEIRO)144213142999,10%
Z. DE EXP (NÃO ESPECIFICADO)181317898,30%
Z. de Exp (Pov Areia Branca)8528397,60%
Z. DE EXP (ROBALO)884687198,50%
NÃO IDENTIFICADO2163911072038394,20%
OUTRAS CIDADES000-
TOTAL (ARACAJU)128.8992.436125.88097,70%

Dados de 15/01/2022

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju

Comorbidades de casos confirmados – SE 2

Fonte: e-SUS VE

Nota: Refere-se aos casos notificados durante a Semana Epidemiológica 2

Casos de SRAG notificados de 09/01/2022 a 15/01/2022 – SE 2

Classificação final Em branco / ignorado Cura Óbitos Óbitos por outras causas Total
Em branco / em investigação 193 0 3 0 196
SRAG por influenza 11 3 5 0 19
SRAG por outros vírus respiratórios 0 0 0 0 0
SRAG por outro agente etiológico 0 0 0 0 0
SRAG não especificado 29 9 10 0 48
COVID-19 12 1 2 0 15
Total 245 13 20 0 278

Fonte: SIVEP Gripe
Nota: dados sujeitos a alterações

 

 

Número de casos e óbitos confirmados por sexo – SE 2

Casos

Fonte: GAL/SES/DIVEP

*Sem informação de idade de um dos casos

Óbitos

Fonte: GAL/SES/DIVEP

*Sem informação de idade de um dos casos

Número de casos e óbitos confirmados
por faixa etária – SE 2

FAIXA ETÁRIA CASOS % ÓBITO %
<1 ano 0 0% 0 0%
1-4 18 1,7% 0 0%
5-14 49 4,5% 0 0%
15-19 32 3% 0 0%
20-29 236 21,8% 0 0%
30-39 273 25,2% 0 0%
40-49 216 19,9% 0 0%
50-59 140 12,9% 0 0%
60-69 62 5,7% 01 25%
70-79 32 3% 01 25%
80+ 25 2,3% 02 50%

*um dos pacientes confirmado é sem identificação

Fonte: GAL/SES/DIVEP

Casos confirmados por Raça/Cor – SE 2

Fonte: GAL/SES/COE

Óbitos por Raça/Cor – SE 2

Fonte: GAL/SES/COE

Etnia Indígena

Casos Óbitos
XOCÓS* 235 5

*Localizados em terras Indígenas Caiçara no município de Porto da Folha, Ilha de São Pedro.

Fonte: GAL/SES/COE

Leitos Hospitalares em Sergipe

Leitos | Rede Pública

Semana Epidemiológica 52

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 32 5,86 18,30%
UTI – Neonato/pediatria 7 0,71 10,20%
Leito Enfermaria 40 2,14 5,36%
Total 79 8,71 11,03%

Semana Epidemiológica 1

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 32 6,86 21,43%
UTI – Neonato/pediatria 7 0,29 4,08%
Leito Enfermaria 40 1,00 2,50%
Total 79 8,14 10,31%

Semana Epidemiológica 2

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 32 6,43 20,09%
UTI – Neonato/pediatria 7 0,29 4,08%
Leito Enfermaria 40 4,43 11,07%
Total 79 11,14 14,10%

Fonte: Censo Hospitalar Diário/ COE

 

Leitos | Rede Privada

Semana Epidemiológica 52

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 22 4,71 21,43%
UTI – Neonato/pediatria 13 3,14 24,18%
Leito Enfermaria 45 12,29 27,30%
Total 80 20,14 25,18%

Semana Epidemiológica 1

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 22 3,29 14,94%
UTI – Neonato/pediatria 13 0 0%
Leito Enfermaria 45 1,29 2,86%
Total 80 4,57 5,71%

Semana Epidemiológica 2

TIPOS DE LEITOS NÚMERO DE LEITOS Média de Leitos Ocupados Taxa de Ocupação
UTI – Adulto 22 5 22,73%
UTI – Neonato/pediatria 13 0,14 1,10%
Leito Enfermaria 45 4,86 10,79%
Total 80 10 12,50%

Fonte: Censo Hospitalar Diário/ COE

 

Evolução do número de casos confirmados acumulados

Óbitos de casos
confirmados

wdt_ID IDADE SEXO MUNICÍPIO COMORBIDADE DATA ÓBITO DATA CONFIRMAÇÃO Valor
1 61 Fem Aracaju Diabetes mellitus, Hipertensão arterial, cardiopatia 02/04/2020 30/03/2020 1
2 60 Masc Aracaju Hipertensão Arterial, Tabagismo 02/04/2020 01/04/2020 1
3 36 Masc Itabaianinha * 02/04/2020 06/04/2020 1
4 90 Fem Aracaju Hipertensão arterial 04/04/2020 04/04/2020 1
5 66 Masc Aracaju Diabetes mellitus, Hipertensão, Obesidade 06/04/2020 01/04/2020 1
6 0 Masc Aracaju Morador de rua. Sem identificação, idade desconhecida 20/04/2020 21/04/2020 1
7 90 Fem Simão Dias Alzheimer, Tabagismo 20/04/2020 21/04/2020 1
8 90 Fem Itaporanga D'Ajuda Diabetes mellitus, Hipertensão, Obesidade 22/04/2020 17/04/2020 1
9 78 Masc Aracaju Diabetes mellitus, Hipertensão 24/04/2020 23/03/2020 1
10 92 Masc Aracaju Alzheimer 25/04/2020 27/04/2020 1
IDADE SEXO MUNICÍPIO COMORBIDADE DATA ÓBITO DATA CONFIRMAÇÃO Valor

* o óbito ocorrido no dia 17/04 foi de um paciente com diagnóstico prévio de meningite.

** O óbito ocorrido foi de um paciente com diagnóstico prévio de AVC

Fonte: GAL/SES/DIVEP

Distribuição de comorbidades para os óbitos confirmados – SE 2

Fonte: GAL/SES/COE

 

Óbitos Acumulados

Fonte: GAL/SES/COE

Nota: pode haver alteração da curva em virtude da inclusão de óbitos ocorridos em dias anteriores e que foram confirmados pós óbito.

Distribuição do número de óbitos CONFIRMADOS em pacientes com COVID-19 por data do óbito.

Fonte: GAL/SES/COE

Nota: pode haver alteração da curva em virtude da inclusão de óbitos ocorridos em dias anteriores e que foram confirmados pós óbito.

Gráfico com número de casos confirmados
para outros vírus respiratórios – SE 2

FONTE: GAL/LACEN/SES

Metodologia aplicada

Este boletim foi criado para apresentar os principais dados epidemiológicos da COVID-19 no estado de Sergipe.

São utilizados como fontes os dois sistemas de notificações oficiais do Ministério da Saúde no monitoramento da doença: o e-SUS Notifica e o Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe). De forma complementar são utilizados os dados de Sistema de Gerenciamento de Amostra Laboratorial/LACEN, além de planilhas paralelas para informações complementares, como a ocupação dos leitos de UTI e enfermaria.

O e-SUS Notifica (que antes era chamado de e-SUS VE) é a ferramenta na qual são registrados os casos de síndromes gripais que não precisam de internação hospitalar. Nos casos em que a pessoa apresenta quadros mais graves da infecção respiratória e é necessária a hospitalização, o registro é feito no Sivep-Gripe. Ambos sistemas são alimentados e operados diretamente pelos serviços de saúde e secretarias municipais de saúde, que são os responsáveis pela criação das notificações e os demais acompanhamentos de cada caso (exames realizados, resultados, sintomas, datas, entre outros).

Os casos classificados como positivos para COVID-19 nos sistemas são diariamente identificados pela Secretaria da Saúde (SES) e publicados no painel. Esse diagnóstico é válido para exames realizados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen/SE) e por outros laboratórios desde que notificados no sistema.

Principais indicadores analisados:

1. PANORAMA LABORATORIAL DO ESTADO:

– Número absoluto de exames realizados por tipo : RT-PCR ou Imunológico

São considerados hoje para o diagnóstico da COVID-19 diferentes tipos de exames:

– Biologia molecular (também chamado de RT-PCR em tempo real): esse método é capaz de detectar a presença do vírus SARS-CoV2, causador da COVID-19, em amostras das secreções das vias aéreas (nariz e garganta). Preferencialmente, essa amostra deve ser coletada entre o 3º e o 5º dias desde o surgimento dos sintomas, pois é neste período que há a maior concentração do vírus, o que aumenta a chance de detecção.

– Imunológico: os testes rápidos (ou outras sorologias para detecção de anticorpos) fazem a identificação dos anticorpos produzidos pelo organismo em resposta à infecção pelo SARS-CoV2. Ele é realizado com a coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo da pessoa. Seu uso é recomendado após, pelo menos, uma semana de início dos sintomas. Esse tempo é o necessário para que o organismo da pessoa produza em quantidade suficiente esses anticorpos, que são as ferramentas de defesa do organismo e permanecem mesmo após a cura do quadro clínico.

2. PANORAMA ASSISTENCIAL

Ocupação Hospitalar – proporção de leitos COVID-19 ocupados em relação ao total de leitos disponibilizados, por tipo (UTI ou enfermaria), no setor público e privado.

Ocupação diária dos leitos de UTI e Enfermaria Covid-19 por município de residência – proporção de pessoas internadas por município de residência.

3. CASOS E ÓBITOS CONFIRMADOS

Coeficiente de Incidência de COVID-19 – Número de casos confirmados de COVID-19 em residentes X 100.000 / *População total residente no período determinado.

Coeficiente de Mortalidade por COVID-19 – Número de óbitos confirmados de COVID-19 em residentes X 100.000 / *População total residente no período determinado.

Taxa de Letalidade de COVID-19 – Número de óbitos de COVID-19 em residentes X 100 / Número de casos confirmados de COVID-19 em residentes.

Evolução final dos casos de COVID-19 – Proporção de casos recuperados (ALTA), isolamento domiciliar, internados e óbitos.

Fonte dos dados:

Sergipe – SES-SE/CIEVS/COE/DVS / *População: Estimativas de 2019 utilizadas pelo TCU. Disponível em https://datasus.saude.gov.br/populacao-residente/

Boletim Monitora Covid-19

Ir ao Topo