Categoria - Notícias

Sergipe continua vacinando trabalhadores da saúde

11 de fevereiro de 2021

O Estado de Sergipe continua vacinando os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente da assistência contra o novo coronavírus. Nesta quinta-feira, 11, a vacinação se estende aos profissionais do Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case), do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism) e do Centro de Acolhimento e Diagnóstico por Imagem (CADI). Juntos, somam 219 trabalhadores que começam a ser imunizados contra a Covid-19.

Entre gestores e trabalhadores o sentimento é de alegria e esperança em tempos melhores. “A vacina é uma grande conquista e nos traz felicidade porque agora poderemos trabalhar com maior segurança e tranquilidade”, declarou a coordenadora do Case, Jéssica Santos Silva, informando que a vacinação na sua unidade será realizada em duas etapas. Nesta primeira estão sendo imunizados 69 trabalhadores.

A coordenadora da Assistência Farmacêutica, Juliana Oliveira, salientou que o Case se reinventou e adotou estratégias exitosas desde o início da pandemia para garantir o medicamento dos usuários, que são pacientes crônicos, e de forma a evitar a exposição deles ao vírus. “Ampliamos a entrega domiciliar para todos os pacientes de Aracaju e também o Serviço de Atendimento ao Preposto (retira no Case o medicamento em nome do paciente) para todos os municípios”, lembrou.

No Caism estão sendo vacinados nesta quinta-feira 143 trabalhadores, completando assim 100% dos profissionais da casa que receberam a primeira dose do imunobiológico, segundo informou a gerente Assistencial, Zaira Moura da Paixão Freitas. Para ela, o sentimento é de alívio e a sensação é de conquista. “Nosso serviço é especializado, com atendimento direto ao público. Na pandemia foi necessário reduzir todos os procedimentos em 50%, mas a vacina traz a esperança de que mais adiante, quando a população também estiver imunizada, a gente volte a ofertar plenamente nossos serviços”, disse.

O alívio de trabalhar com maior segurança e mais tranquilidade também alcançou os profissionais do CADI. Sete profissionais entre médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliar de enfermagem receberam a dose que dá início ao processo de imunização. “Estamos muito aliviados, particularmente quem adoeceu da Covid-19 ou perdeu ente queridos. A vacina é o primeiro passo para trazer de volta nossa tranquilidade e isso graças ao Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse o coordenador do CADI, Eduardo Marques de Oliveira Sobrinho.

Para a gerente de Farmácia do Case, Cristiane Oliveira Costa, a vacina lhe causou uma mistura de sentimentos. “Essa é a sensação para esse momento tão importante. Acredito que tudo no final sempre vai dar certo, sigo na fé. Acredito na ciência e a resposta está aí. Parabéns ao SUS e a todos os pesquisadores e seus colaboradores que em tempo recorde nos trouxe a esperança de voltarmos ao novo normal”, felicitou.

Responsável pela dispensação dos medicamentos da entrega domiciliar do Case, Mônica Ferreira Coelho, salientou que o momento é de expectativa. “A sensação é muito boa porque agora a gente vai viver com menos medo de levar para casa, para nossos idosos, um vírus tão letal. Estou feliz a grata pela vacina”, declarou.