Categoria - Notícias

Sergipanos devem estar atentos à segunda dose da vacina contra a Covid-19

29 de abril de 2021

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recomenda à população sergipana que foi vacinada com a primeira dose do imunizante CoronaVac, a conferir a caderneta de vacinação e, se estiver no período, tomar a segunda dose. Para as pessoas que a aplicação está atrasada, a orientação do Ministério da Saúde (MS), enviada por nota técnica a todos os estados, é que mesmo fora do prazo, a população tome a segunda dose da vacina.

Atualmente, duas vacinas contra a Covid-19 estão disponíveis no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e são enviadas a Sergipe: CoronaVac, que deve ser administrada em um intervalo de 28 dias, e AstraZeneca, com intervalo de 90 dias. Para imunização do indivíduo contra o vírus, é necessária a aplicação das duas doses.

Gradativamente, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) vem recebendo do Ministério da Saúde os imunizantes e, logo que chegam ao Estado, as vacinas passam por um processo de checagem, em cerca de 24h são enviadas aos municípios.

Tendo como objeto a vacinação da população com as duas doses dos imunizantes, a SES organiza o estoque considerando a distribuição do quantitativo suficiente para vacinar as pessoas com a primeira e segunda dose (D1 e D2). Em conformidade com o Plano Nacional de Imunização, o Estado atualmente está vacinando idosos de 61 e 62 anos, profissionais da saúde, quilombolas e profissionais das forças de segurança e salvamento que se encaixam nos critérios estabelecidos pelo PNI.

Até a atualização realizada na quarta-feira, 28, a Secretaria já distribuiu o total de 336.741 doses da primeira remessa aos municípios, destas foram aplicadas 315.525. Referente à segunda dose, foram distribuídas 189.300, sendo aplicadas 142.478 doses.