Categoria - Notícias

Saúde orienta situações onde é importante manter o uso de máscaras

25 de março de 2022

Com o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras, aprovado em projeto de lei pela Assembleia Legislativa de Sergipe, o diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Marco Aurélio, orienta a população sobre os cuidados que devem ser mantidos durante e após a pandemia. Principalmente idosos, pessoas em tratamento como a quimioterapia e indivíduos com doenças crônicas devem continuar a usar a máscara, evitar as aglomerações e manter o distanciamento social.

Segundo ele, é importante que a população entenda que a aprovação do projeto de lei que tira a obrigatoriedade do uso de máscara não exclui o cuidado individual de cada cidadão. Observa que a pandemia ainda não acabou, que o vírus continua circulando no Estado, embora de forma menos intensa e que por isso foi possível a tomada das medidas de flexibilização. “Mas sabemos que o novo coronavírus circula em Sergipe e que pode voltar a circular com maior intensidade, como ocorreu em alguns locais onde houve um relaxamento da utilização da máscara”, salientou.

Para Marco Aurélio, neste momento as pessoas devem se comportar de forma mais individualizada. Aquelas que se sentem mais seguras com a utilização da máscara deve manter o uso, até que os dados apontem uma situação mais estável em relação à circulação do vírus. “Outro ponto importante é entender que os idosos e as pessoas em tratamento de saúde ou com comorbidades precisam manter o uso da máscara, principalmente, se frequentarem ambientes com muitas pessoas”, orientou o diretor.

Ele reforça a importância de as pessoas continuarem com as medidas preventivas individuais. Destaca que mais do que nunca é preciso completar o esquema vacinal próprio e daqueles que estão próximos, bem como manter todas as outras medidas como a higienização das mãos, manter o distanciamento social e evitar aglomerações. Segundo Marco Aurélio, isso é fundamental para que a retirada da máscara não impacte no aumento de casos de Covid-19 em Sergipe.

“Outro fato importante que precisamos ter aprendido na pandemia é que, quando tivermos com sintomas respiratórios, com suspeita de gripe ou resfriado, que nos afastemos mais das pessoas. Além disso, devemos utilizar máscara, coisa que não se fazia no passado. Mesmo tendo testado negativo para Covid-19, devemos usar a máscara para diminuir o risco de transmissão. E sempre que a máscara tiver molhada, deve ser trocada”, orientou.