Categoria - Notícias

SES reúne entidades para somar esforços no combate à Covid-19

10 de dezembro de 2020

A secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, se reuniu na manhã desta quinta-feira, 10, com representantes da Federação do Comércio (Fecomércio), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Aracaju e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Sergipe (Abrasel), com o objetivo de trazer para a discussão do enfrentamento do Covid-19. O encontro aconteceu no Centro Administrativo da Saúde e contou com a participação também de representantes das Vigilâncias Sanitárias Estadual e de Aracaju, Procon, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

“Hoje o momento é de somação com o empresariado. Eles podem nos ajudar primeiro cumprindo com os protocolos sanitários que já estão postos e segundo, fazendo a conscientização com o seu cliente. Se todo mundo internalizar que a pandemia não acabou, que cada um tem que fazer o seu papel será mais fácil vencermos a crise”, falou Mércia Feitosa, esclarecendo que a competência do governo e da própria Secretaria de Estado da Saúde (SES) é garantir a parte assistencial, e cabe aos cidadãos, empresários ou consumidores, cumprir as regras que estão postas.

A reunião foi muito bem aceita pelos representantes de classe, que foram unânimes em afirmar que defendem a fiscalização pela Coordenadoria Estadual de Vigilância Sanitária e até mesmo a aplicação de punições para comerciantes e donos de bares e restaurantes que forem notificados e novamente flagrados em descumprimento às medidas de prevenção à Covid-19.

O presidente da Abrasel, Bruno Dória, destacou a importância da reunião neste momento de tentativa de retomada da economia. “É preciso um trabalho de conscientização junto à população para reforçar que a pandemia ainda não passou e nós, do ramo de bares e restaurantes, enfatizamos a importância da fiscalização. Por outro lado, aconselhamos que a população procure, para o seu lazer, locais que estejam protocolados e seguros. A Abrasel reforça que sempre esteve ao lado da Secretaria de Estado da Saúde”, disse.

O superintendente da Fecomércio, Maurício Gonçalves, agradeceu ao governador Belivaldo Chagas, a secretária Mércia Feitosa e ao coordenador estadual de Vigilância Sanitária, Ávio Britto, pela disposição de escutar o setor produtivo, trazendo todos para a mesma mesa para discutir prevenção. “A Federação do Comércio, com suas entidades, sindicatos e parceiros, somará esforços para gente superar a pandemia. Não queremos o retrocesso, não queremos fechar novamente”, declarou.

O presidente da CDL Aracaju, Breno Barreto, também destacou a importância do envolvimento das entidades produtivas nas discussões em relação à Covid-19. “Fiquei bastante feliz pela possibilidade de discutir em conjunto medidas que possam minimizar o contágio. Acredito que as pessoas diminuíram a preocupação com a pandemia e acabaram relaxando. Precisamos voltar a seguir os protocolos sanitários com muita firmeza”, atestou.