Categoria - Notícias

Secretaria de Estado da Saúde e Força-tarefa Covid-19 levam testagem para Presídio Feminino

03 de março de 2022

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Força-tarefa Covid-19, realizou mais uma ação de testagem, desta vez, no Presídio Feminino (Prefem), localizado no povoado Taboca, em Nossa Senhora do Socorro.

Na ocasião foram testadas 217 pessoas, entre internas e servidores lotados na instituição. O objetivo de mais esta iniciativa, é evitar a transmissão em massa dentro do sistema prisional. “Nós estamos numa fase de testagem do sistema prisional, já visitamos os presídios dos municípios de Estância e Socorro. Hoje viemos ao Prefem e fizemos testes de antígeno por Swab e de anticorpo IgM/IgG para verificar a circulação de vírus no sistema prisional, caso positivadas ou detectáveis, isolar as pessoas para evitarmos o surto”, destaca o professor Lysandro Borges, coordenador do comitê científico da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Os testes de detecção da Nucleoproteína Viral do SARS-CoV-2-Antígeno resultaram em 95% dos testes como não detectáveis e 5,5% detectáveis. Dos testes rápidos aplicados, 6% acusaram não reagente; 0,5% deram IgM reagente; 1,8% mostraram IgM e IgG reagente e 91,7% tiveram o IgG reagente, ou seja, possuem anticorpos vacinais ou pelo contato com o vírus, em relação ao IgM, é possível saber se alguém está na fase ativa da doença.

Para o diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, o sistema prisional tem sido alvo de preocupação da Secretaria de Estado da Saúde desde o início da pandemia. “No sistema prisional, as pessoas convivem em ambientes onde há aglomeração e com pouca circulação de ar, o que facilita a propagação dos vírus respiratórios. A SES, conjuntamente com a Secretaria de Estado da Justiça e UFS, vem atuando na realização e processamento de testes, o mesmo acontece neste novo momento que estamos vivendo, continuamos distribuindo testes antigênicos para conter a propagação do coronavírus”, explica.