Categoria - Notícias

Pacientes da MNSL com Covid-19 recebem quentinhas decoradas

27 de julho de 2020

Visando levar  um pouco de aconchego junto com uma alimentação saudável e saborosa com mensagens de força e certeza de que tudo passa, foram criadas as quentinhas decoradas com mensagens de incentivo nas tampas para as mães com Covid19 que se encontram internadas na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL).

“É muito importante  mostrar as pacientes que elas são muito queridas, levando a ideia de colocar as mensagens motivacionais nas tampas das quentinhas de refeição das pacientes que estão com coronavírus positivo. Elas estão em alas isoladas na maternidade”, disse a responsável Técnica pela nutrição na MNSL, Anaxágora Conceição Souza. Ela disse que a ação partiu de  uma ideia em conjunto da equipe de nutrição da MNSL com, a equipe da Nutril.

A nutricionista observou que o processo de alimentação das pacientes com coronavírus não mudou a relação dos alimentos que são ofertados. “A Alimentação das pacientes sempre foi  saudável e  equilibrada, adequada a sua condição clínica, então se tem alguma patologia, ou alguma aversão alimentar isso vai ser respeitado, mas o corona em si não altera o tipo de alimentação”, assegurou Ana agora.

Anaxágora informou que sem dúvida, a iniciativa contribui na melhora da saúde mental dessas pacientes porque elas estão com o coronavírus positivo, estão isoladas dos demais pacientes, não podem receber visitas e isso pode contribuir para que elas fiquem sem apetite, tristes ou até mesmo depressivas. “Foi pensando nisso, que criamos essa estratégia com o objetivo de fazer essas pessoas se sentirem valorizadas. O momento da refeição é um momento gostoso, acolhedor e deve transmitir a sensação de que tudo passará bem rápido, ressaltou a nutricionista.

Ela fez questão de afirmar que os pacientes sempre foram  tratados como pessoas que possuem sua individualidade  e necessidades específicas. “Buscamos levar um pouco de carinho e conforto nesse tempo que estamos passando. Isso tem sido muito reconfortante, tanto para nós profissionais da nutrição como para esses pacientes que tem recebido uma atenção a mais”, concluiu a nutricionista.