Categoria - Notícias

MNSL participa de treinamento sobre uso de rodo esterilizador

17 de junho de 2020

Na última sexta-feira, 12, no Instituto Federal de Sergipe (IFS), aconteceu um treinamento com professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Instituto Federal de Sergipe (IFS) a responsável pelo Serviço de Higienização da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), Bárbara Emmanuele Campos de Melo participou do treinamento com professores, que ensinaram o manuseio correto dos rodos para esterilização por radiação UV do tipo C.

Segundo o professor de física e autor do projeto do IFS -Campus Aracaju, Adeilson Pessoa de Melo, já há estudos que atestam a eficiência dessa radiação para descontaminar ambientes com segurança, desde que atenta a algumas especificidades. “O rodo UV-C foi desenvolvido especificamente para ser utilizado em pisos.

Antes de levar o equipamento para suas instituições, os responsáveis pelo manuseio passam por um treinamento porque eles irão trabalhar com um material que expõe uma radiação direta prejudicial à saúde humana, se manuseada incorretamente durante o tempo em que a luz estiver em ação”, explicou Adeílson.

Participaram do treinamento na MNSL, Hospital Cirurgia, Hospital Regional de Própria, Maternidade Santa Izabel, Unidade de Pronto Atendimento Vereador Jairo Joaquim Santos e a Unidade de Atendimento para Coronavirus em Itabaiana e o Hospital Regional de Estância, todos os participantes receberam um equipamento.

A MNSL recebeu um equipamento, o rodo germicida. Bárbara Emmanuele Campos de Melo, explicou que o rodo é utilizado para esterilização por radiação UV tipo C e foi inspirado em um equipamento já desenvolvido pela USP. “Na base do rodo existe uma lâmpada que pode eliminar diversos tipos de germes, protozoários, bactérias e vírus. O equipamento tem por objetivo eliminar o virus do novo Coronavírus em nossa Unidade”, disse Bárbara.

Bárbara observou que com a devida proteção, como a utilização de luvas, óculos de proteção UV, avental de manga comprida, calças e sapatos, o equipamento pode ser utilizado sem riscos ao usuário.

O professor ressaltou ainda que o rodo foi desenvolvido para desinfetar pisos, porém mantendo a higiene, a distância e o tempo de exposição indicados. “O equipamento pode ser usado para desinfectar máscaras, aventais, paredes e outras superfícies”, atentou o professor.

A importância do treinamento, como explicou Adeilson foi ensinar o manuseio correto, aproveitar ao máximo a sua capacidade e manter a segurança de quem utiliza o equipamento.

Como funciona:
Os rodos produzidos pelo IFS possuem lâmpadas de radiação ultravioleta tipo C instaladas na base do equipamento, a uma distância de 1,2 centímetros do solo. Nessa distância, o rodo oferece uma dose de radiação capaz de matar todos os vírus conhecidos, exceto o rotavírus e o da poliomielite.