Categoria - Notícias

Lacen realizou mais de 164 mil exames RT-PCR para Covid-19 em 2020

06 de janeiro de 2021

O Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) realizou, em 2020, um total de 164.845 exames para diagnóstico laboratorial da Covid-19. Somente no mês de dezembro foram mais de 37 mil amostras recebidas. As análises processadas na unidade visam colaborar com as ações de vigilância em saúde no enfrentamento ao coronavírus.

De acordo com o superintendente do Lacen, Cliomar Alves, o trabalho segue cumprindo os protocolos técnicos e administrativos do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com a finalidade de assegurar a qualidade dos resultados dos testes.

“Desde o início do trabalho de análise laboratorial para o coronavírus houve um compromisso geral do Governo do Estado, Secretaria de Estado da Saúde, Fundação Parreiras Horta e profissionais que estão na bancada”, destacou o gestor.

Segundo Cliomar, em 2021 o Lacen seguirá com as contingências ativadas no início dos trabalhos, com a contratação de 50 profissionais, sendo 10 no mês de dezembro, aquisição de insumos e equipamentos (termocicladores e extratores) e extensão do horário de atendimento para receber amostras de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, incluindo sábados, domingos e feriados.

“Permanecemos com os biomédicos e técnicos em laboratório trabalhando em regime de plantão, durante 24 horas, para realizar o processamento das amostras”, informou o gestor do Lacen.

Resultado

Devido a alta demanda ocorrida em dezembro, o Laboratório Central libera os laudos com os resultados das análises em sete dias. “Estamos empreendendo todos os esforços para retornar a emissão desses resultados em 24 horas. Nesse momento de grande volume de amostras para processamento foi estabelecido que tem prioridade, pacientes internados que aguardam um leito nos hospitais e óbitos”, concluiu Cliomar Alves.

Identificação do vírus

O Lacen realiza o RT-PCR, um teste de biologia molecular que identifica o material genético do vírus. A análise utiliza amostras de secreções das vias respiratórias (do nariz e garganta) dos casos suspeitos. No laboratório de Biologia Molecular o material passa por diferentes estágios de preparação e extração do material genético das moléculas (RNA) até chegar à etapa final do processo, com a emissão do laudo.