Categoria - Notícias

Huse realiza missa para homenagear profissionais que morreram vítimas da Covid-19

13 de julho de 2021

A saudade e a emoção invadiram os corações dos colaboradores que relembraram e homenagearam no final da tarde, da última sexta-feira, 9, durante uma missa em ação de graça no auditório do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), trabalhadores que perderam suas vidas vítimas da Covid-19 e que muito contribuíram para o desenvolvimento das atividades no setor. Na ocasião, a partida precoce há quatro meses do funcionário Antônio Geovânio de Matos, foi lembrada com muito carinho por todos os que conviveram com ele.

“Eu estou acostumada a vir nesse auditório por muitas lutas, mas hoje é o dia mais difícil da minha vida enfrentar esse auditório, principalmente, para lembrar do meu amigo Geovânio. Ele não era apenas o profissional, ele era um amigo, colega, companheiro do trabalhador, do paciente, de qualquer pessoa que chegasse em busca de assistência ele sempre estava pronto para acolher. Entrar no Huse e passar pela sala em que ele trabalhou e não poder convidá-lo para beber um café está sendo muito difícil, sufocante. Todas as homenagens que estamos prestando hoje são merecidas”, declarou a servidora Rita Mota.

A missa foi celebrada pelo padre Givanildo Santos, que destacou que a ação de graça é para todos os servidores que deixaram sua marca registrada no Huse. “Mais de 500 mil vidas se foram por causa desse vírus em todo o Brasil, mas para cada pessoa é um tocante, então hoje a gente coloca diante do altar a dor de cada família brasileira. Que possamos pedir a Deus menos burocracia e mais soluções para a vida do povo não só no tempo da pandemia, mas em tantos momentos de dificuldades”, pontuou.

O diretor administrativo e financeiro do Huse, Manoel Mário Ferreira, fez um discurso emocionante e uma homenagem especial. “Que a gente possa refletir melhor sobre as nossas relações pessoais, seja no trabalho, em casa, com filhos ou em qualquer lugar, a pandemia tocou pouco as pessoas, a gente está pagando um preço altíssimo com a perda de tantas pessoas queridas, mas as pessoas não pararam ainda para refletir, vamos amar mais as pessoas”, enfatizou o diretor.

A executora de serviços operacionais e viúva de um servidor homenageado na missa, Rose Mary Araújo de Matos, agradeceu as homenagens e se emocionou ao relembrar as virtudes do esposo em ajudar aos que mais necessitavam. “Quero agradecer do fundo do meu coração aos amigos de Geovânio que há quatro meses tentava organizar uma homenagem dessa natureza para todos os nossos servidores e isso inclui meu esposo. Tenho certeza que de onde ele estiver, ele está muito feliz e grato com tanto carinho e lembranças boas que foram compartilhadas aqui na terra também”, disse.

A supervisora administrativa do Huse, Rejane Souza, foi uma das organizadoras da missa em ação de graça. Ela destacou a importância de voltar o pensamento em um momento de oração e fé para os que já partiram. “No decorrer desta pandemia perdemos muitas pessoas queridas que estavam diariamente conosco servindo ao próximo aqui no Huse. Procuramos levar um pouco de amor através dos nossos pensamentos, das nossas vibrações positivas, da nossa fé. Eles vão receber a nossa mensagem e ficar em paz”, concluiu.