#FiqueEmCasa

Notícias

Governo fiscaliza o uso de EPI’S na Operação Carro Pipa em virtude da Covid-19

19 de maio de 2020

Objetivo é a proteção da população sergipana com fiscalização de pipeiros no uso de equipamentos junto aos processos diários efetuados com as comunidades

Fiscais do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec) inciam nesta quarrta-feira, 20, ação para orientar pipeiros que integram a Operação Carro-Pipa sobre medidas de higiene para evitar o contágio e a transmissão do coronavírus nas zonas rurais do semiárido sergipano. A ação também tem o objetivo de recomendar o uso de equipamentos de proteção junto aos processos diários efetuados com as comunidades diante da pandemia da Covid-19.

O intuito é que a Operação Carro-Pipa não seja um vetor de propagação do vírus, e principalmente o cuidado no atendimento da população sergipana. Em  parceria  com a Secretaria do Estado da Saúde e a Torre Empreendimento também serão distribuídas equipamentos de proteção na operação. A iniciativa começará com duas equipes técnicas em Nossa Senhora da Glória e Monte Alegre.

O diretor do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), Major Luciano Queiroz afirma que diariamente inúmeros sergipanos necessitam do recurso hídrico para o abastecimento de suas residências e pontua  sobre o principal objetivo da iniciativa. “Nós estamos indo diretamente aos locais onde os pipeiros atuam e fazendo as recomendações acerca do usos dos EPI’s, para assegurar que não seremos um dos vetores de transmissão do vírus nas comunidades que estão em situação de emergência”, explica.

O diretor do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), Major Luciano Queiroz salienta que os coordenadores municipais de Proteção e Defesa Civil já estão orientados para adoação das fiscalizações. “A equipe técnica estará fazendo a fiscalização desses trabalhadores, caso não haja o uso dos equipamentos iremos disponibilizar para os pipeiros 150 máscaras e vamos fornecer álcool em gel”, esclarece.

Orientações preventivas:

– Orientar os pipeiros quanto ao uso obrigatório de máscaras, principalmente nas operações de carregamento e descarregamento de água;

– Lavar as mãos com água e sabão por 20 segundos, na impossibilidade, usar álcool em gel nas mãos antes dos procedimentos de carregamento e descarregamento da água;

– Orientar na higienização dos dispositivos de passagem de cartão;

– Manter o caminhão higienizado;

– Manter distância do apontador durante a passagem do cartão e durante o descarregamento de água na cisterna.