Categoria - Notícias

Dono de restaurante percebe a chegada de fiscais da força-tarefa, baixa as portas e esconde clientes

26 de março de 2021

Um fato inusitado marcou o trabalho das equipes da Força-tarefa de Combate à Covid-19 no final da tarde desta quinta-feira, 26. Um restaurante, localizado no bairro 13 de Julho, baixou as portas e escondeu os clientes assim que constatou a presença dos fiscais em um trailler próximo. A desobediência ao decreto governamental, que autoriza apenas o atendimento delivery para os serviços não essenciais, gerou autos de infração pela Vigilância Sanitária estadual, Corpo de Bombeiros e Procon.

Segundo a fiscal da Vigilância Sanitária, Michelli Rios, após fiscalizarem o trailler se voltaram para o restaurante. “Batemos à porta para que abrissem, mas demoraram um pouco. Quando levantaram as portas vimos que não havia clientes sentados à mesa e nós perguntamos onde eles estariam. Procuramos dentro do estabelecimento e os encontramos amontoados no vestiário dos funcionários”, relatou.

A Força-tarefa de Combate à Covid-19 tem atuado com vigor para que se faça cumprir o decreto governamental que impõe medidas restritivas para conter o avanço da disseminação do coronavírus em Sergipe. Aglomerações, festas, atendimento presencial para serviços não essenciais e toque de recolher são algumas das proibições que precisam ser compreendidas, assimiladas e cumpridas por empresários e cidadãos, conforme salientou a fiscal.

As equipes fiscalizaram na tarde desta quinta-feira cerca de 10 estabelecimentos comerciais nos bairros São José e Salgado Filho, chegando até a 13 de julho. O resultado da operação foram sete notificações e um auto de infração. “As notificações foram geradas principalmente porque os estabelecimentos estavam abertos após o horário recomendado para fechamento por conta do toque de recolher”, informou.