Categoria - Notícias

Curso utiliza questionário para avaliar conhecimentos, atitudes e práticas da população frente à prevenção da Covid-19

26 de outubro de 2021

Profissionais da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju estão participando de um Curso de Especialização em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS – EpiSUS, promovido pelo Ministério da Saúde e Fiocruz. O curso iniciou em março de 2021 de forma remota e nesta semana ocorre em fase presencial. Nesta segunda-feira, 25, os profissionais e tutores da Fiocruz se reuniram e na terça-feira, 26, será aplicado um questionário sobre os conhecimentos gerais, práticas e atitudes das pessoas em relação à Covid-19, no bairro Farolândia, em Aracaju.

O foco principal da especialização em epidemiologia aplicada aos serviços do SUS – EpiSUS é a identificação e levantamento de um problema de saúde local, cuja resposta deverá ser elaborada por meio de projeto aplicado a ser desenvolvido em grupo. O curso ocorre em todos os estados do Brasil e tem como objetivo aprimorar a capacidade de profissionais das esferas federal, estadual e municipal em identificar, investigar, responder e comunicar eventos prioritários em saúde pública.

A coordenadora de campo da Fiocruz, Deise Santos, informou que a nível nacional estão participando da especialização 800 profissionais. “Serão realizadas entrevistas em um bairro para que se possa entender como são as atitudes, conhecimento e práticas da população em relação às medidas de prevenção da Covid-19. Esse curso tem duração de oito meses, onde eles terão o título de especialista em Epidemiologia de Campo. Nessa etapa que estamos fazendo é a etapa presencial, falamos que é a etapa mais importante do treinamento onde eles colocam em prática tudo que vivenciaram até esse momento. Queremos agradecer o apoio da SES e Secretaria Municipal para poder desenvolver esse trabalho e aplicar o método epidemiológico no campo”, disse.

O diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio, que está participando do curso, explica que o encontro desta segunda foi para alinhar o andamento da aplicação do questionário que ocorrerá nesta terça, 26. “Estamos fazendo a preparação para ir a campo, realizando os ajustes , organizando as equipes e revendo o material que será coletado amanhã através do questionário. O questionário será aplicado na população do bairro de Aracaju. É um curso realizado pela Fiocruz que tem o objetivo de treinar as equipes locais para emergências em saúde pública, para saber conduzir situações como a que vivenciamos esse ano de pandemia”, explica.

O tutor da especialização e professor da Universidade Federal de Sergipe/campus Lagarto, Allan Dantas dos Santos, revela que no sábado será gerado um relatório inicial. “Vamos entrevistar 379 pessoas, uma amostragem que foi estatisticamente elaborada de acordo com normas científicas. O questionário será com amplas variáveis e no sábado vamos disponibilizar esse relatório sobre o que foi identificado. Ao final do curso, os profissionais serão considerados Epidemiologistas de Campo”, finaliza.

Foto: Flávia Pacheco