Proteja-se.

Se sair use máscara!

Notícias

Colaboradores da Fundação Renascer confeccionam máscaras de tecido para unidades socioeducativas

17 de abril de 2020

Máscaras são produzidas seguindo orientações recomendadas pelo Ministério da Saúde

A Fundação Renascer realiza a confecção de máscaras de tecido para doação aos profissionais que atuam nas unidades socioeducativas. Inicialmente, elas estão sendo direcionadas aos colaboradores da Comunidade de Atendimento Socioeducativo Masculino (Casem), da Unidade Socioeducativa de Internação de Provisória (Usip) e do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). A Fundação toma ainda outras medidas de combate ao coronavírus, como instalação de lavatórios, disponibilização de máscaras e luvas descartáveis, álcool em gel 70%, entrega de cartilhas explicativas sobre como se prevenir, e suspensão de visitas familiares e advogados.

As equipamentos são confeccionados seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, com duas camadas de tecido e as medidas corretas de corte, de modo que a máscara cubra totalmente a boca e nariz e esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais. Cada pessoa recebe duas unidades. “Buscamos, neste momento de pandemia, suprir uma necessidade coletiva de nossos colaboradores que vêm do ambiente externo, tentando protegê-los para, consequentemente, proteger os adolescentes acolhidos nas unidades”, destaca a coordenadora do departamento de Serviços, Materiais e Almoxarifado da Casem, Mônica Candia.

Responsável pela equipe de trabalho, Mônica explica ainda como a produção acontece. “Somos três profissionais trabalhando na fabricação das máscaras, utilizando parte do horário de expediente. Cortamos os tecidos através de um molde, com as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Os cortes são finalizados na máquina de costura pela nossa assistente técnica de Serviços Operacionais, que tambem é costureira. Logo após a confecção, as máscaras são higienizadas, passadas a ferro, vedadas nas embalagens e entregues aos funcionários de linha de frente das unidades”, concluiu.

Para o presidente da Fundação Renascer, Wellington Mangueira, a ação tem grande importância e mostra o engajamento das equipes nas medidas preventivas à disseminação da Covid-19. “Ficamos felizes ao ver iniciativas como esta, que demonstram a preocupação com o coletivo. Já adotamos o uso de mascaras descartáveis mas a entrega de máscaras de tecido aos colaboradores vem a reforçar os meios para sua proteção e dos socioeducandos. Estão todos atentos às formas de uso e higienização das máscaras. Agradeço a todos  os colaboradores que estão exercendo esse papel tão importante, em nome de todos que fazem a Fundação Renascer”, concluiu Wellington Mangueira.